Ordenação sacerdotal de Dom Tomás de Aquino

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Da seita neomodernista que ocupa a Igreja Católica


Cinquenta anos depois do Concílio Vaticano II e da reação do movimento tradicionalista na subsequente crise da Igreja, podem-se distinguir três tendências divergentes sobre a relação a ter entre a Igreja Católica e a Igreja oficial. Quer dizer, entre o corpo místico de Nosso Senhor Jesus Cristo e os clérigos e fiéis unidos à hierarquia e às reformas pós-conciliares.

Para uns, são duas igrejas substancialmente distintas, absolutamente separadas, e não se pode pertencer às duas ao mesmo tempo. Estas duas igrejas tem uma fé diferente, ritos diferentes, uma legislação diferente. A lógica os leva também a já não rezar publicamente pelo papa atualmente reinante, porque ele é papa de outra Igreja, que não é – ou já não é – católica.

Para outros, ao contrário, a Igreja oficial, hierárquica, romana, conciliar não é uma Igreja à parte, mas sim a Igreja Católica real, una, a verdadeira, a visível, a Igreja de hoje, e é inadmissível fazer uma distinção real entre a Igreja conciliar, oficial, e a Igreja fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo. A lógica levará também a procurar a pertença oficial, visivelmente, canonicamente, a esta hierarquia, para bem assegurar a pertença à única Igreja, católica e apostólica.

Estas duas concepções, durante já cerca de meio século de debates entre tradicionalistas, dividiu-os e levou-os a formar duas pontas extremas, conhecidas comumente por “sedevacantistas” e “acordistas”. Nossa análise pode parecer sumária, mas a experiência o tem provado: quando um tradicionalista, clérigo ou leigo, já não faz a distinção entre a Igreja oficial e a Igreja católica, ele acaba um dia ou outro se colocando a serviço da primeira, e assim abandona o combate da fé exigido pela segunda nestes tempos de clara e geral apostasia.

Na verdade, o problema é mal colocado, e permanece um dilema entre dois termos de uma alternativa. Pois há uma distinção a fazer entre a Igreja oficial e a Igreja Católica, e ela foi feita por todos os nossos antigos combatentes da fé depois do concílio. Basta que refresquemos a memória e nos lembremos de fórmulas bem conhecidas: “A Igreja ocupada”, “Roma ocupada”.

A Igreja conciliar e neomodernista não é portanto nem uma Igreja substancialmente diferente da Igreja Católica nem absolutamente idêntica; ela tem misteriosamente algo de um e de outra: é um corpo estranho que ocupa a Igreja Católica. É preciso distingui-las sem separá-las.

Precisemos bem: um “corpo”, e não uma “doença”, uma “tendência”, um “espírito”, uma “concepção falsa” como se procura demonstrar no DICI n°273, recusando em princípio considerar a Igreja conciliar como uma “sociedade distinta de outra” (p. 8). Esta negação poderia, rigorosamente, ser admitida no sentido definido acima, de uma sociedade absolutamente, substancialmente diferente da Igreja Católica. Mas ela nos parece perigosa, em seu sentido óbvio, e, em todo caso, contrária à doutrina de São Pio X, que qualifica os modernistas de associação secreta (cladestinum foedus; Motu proprio de 1 de setembro de 1910) que se oculta no seio mesmo e no coração da Igreja (sinu gremioque Ecclesiae; Pascendi, 1907).

O que o magistério ensina originalmente como modernismo, nossos antigos o chamaram em termos enérgicos de sujeito do neomodernismo, qualificando suas hierarquias de “seita”; e não se vê em que o princípio tenha mudado hoje em dia... Que se nos permita, mesmo se este debate desagrade hoje em dia a alguns na Tradição, trazer à memória algumas citações lapidares:

Dom Lefebvre: Isso é uma seita que se apossou de Roma, se apossou da alavanca de comando da Igreja” (Conferência em Flavigny, dezembro 1988, Fideliter n° 68, p. 10).

Padre Tissier de Mallerais: “[...] nas circunstâncias de uma Igreja ocupada pela seita progressista [...]” (Fideliter n° 53, p. 38, set-out 1986).

Padre Calmel: “[...] organizações ocultas de uma falsa Igreja, de uma Igreja aparente” (Itinéraires n° 123, p. 174, maio 1968); “Igreja aparente no seio mesmo da Igreja verdadeira” [...]” (Itinéraires n° 106, p. 178, set. 1966).

Padre Marcille: “[...] a seita no poder na Igreja [...] a seita conciliar a favor do poder que ela ocupa [...]” (Fideliter n° 96, pp. 67 e 71, nov-dez 1993).

Marcel de Corte: “É a parte que se erige para tudo, a seita que se erige na Igreja una, santa, católica, apostólica e romana. Por um instante, a parte permanece no todo que ela corrompe pouco a pouco” (Itinéraires n° 131, p. 266, março de 1969).

Jean Madiran: “[...] a seita campeada na Igreja [...]” (Itinéraires n° 137, p. 28, nov. 1969).
Henri Rambaud: “[...] a seita, pequena pelo nome em relação ao resto do rebanho, mas instalada nos postos de comando [...]” (Itinéraires n° 143, p. 111, maio 1970).

Resumindo com o Padre Berto: “Jacques Maritain, em 1966, falou de ‘febre’ neomodernista. Mas ele esquece que [se trata de] neomodernistas que jamais se admitirão tais, que permanecerão a todo o preço no interior da Igreja, para ‘fazê-la crescer de dentro uma mutação substancial que não lhe deixará da Igreja senão o nome [...]; eles constituem na Igreja uma associação secreta de assassinos da Igreja” (Itinéraires n° 112, p. 69, abril 1967).

Em 1964, em pleno concílio, Jean Madiran escreveu um artigo especial intitulado “A sociedade secreta do modernismo”, em Itinéraires. Cinquenta anos depois, seu diagnóstico permanece ainda válido:

"Uma sociedade secreta que consegue sobreviver quando é combatida, não vai ela conseguir prosperar quando já não for combatida? Depois da morte de São Pio X, ocupam-se de outra coisa, incluindo o modernismo doutrinal, jurídico, social, mas já não se ocupam da sociedade secreta instalada no seio da Igreja. A consequência de tal abstenção é que a sociedade secreta reforçou sua instalação, multiplicou seus progressos, desenvolveu seu poder; que é poder oculto e se torna muito maior; que ela foi muito mais forte para colocar à frente seus adeptos, para liquidar seus adversários, e para prevenir que se fale dela: impor um silêncio público a respeito dela mesma é o objetivo de todas as sociedades secretas." (Itinéraires n° 82, abril 1964, p. 100.)

Reduzir a Igreja conciliar e neomodernista a um conceito, uma tendência, um espírito, recusando-lhe o status de seita, de sociedade, de associação (Ecclesia = assembleia em grego), em que ela deve necessariamente se encarnar, e para qual de fato ela se move concretamente e eficazmente, é ignorar os ensinamentos de São Pio X e de nossos antepassados na Tradição. Isso não é somente um erro teórico, mas também, em suas consequências práticas, uma predisposição de espírito a identificar puramente e simplesmente a Igreja Católica, a que todos querem pertencer, e a hierarquia oficial e visível que a ocupa e a dirige depois de décadas, de que nós não fazemos (ainda) parte. Situação portanto “anormal”, que convém regularizar de uma maneira ou de outra.

Citemos algumas frases significativas de Dom Fellay: “O fato de ir a Roma não quer dizer que se esteja de acordo com eles. Mas é a Igreja. E é a verdadeira Igreja” (Sermão em Flavigny, em 2-9-2012, Nouvelles de Chrétiente, n° 137, p. 20.)

“A Igreja do Cristo está presente e move-se como tal, quer dizer, como única arca de salvação, somente lá onde está o vigário de Cristo” (Carta aos amigos e benfeitores de 13-04-2014).

“A Igreja oficial é a Igreja visível; é a Igreja Católica, e ponto final” (Sermão no Seminário de la Reja, 20-12-2014).

Compare-se com o que Dom Lefebvre disse a nossos padres reunidos em Écône, em 9 de setembro de 1988: “Nestes últimos tempos, disseram-nos que era necessário que a Tradição entrasse na Igreja visível. Eu penso que se comete nisso um erro gravíssimo, [...] isso é enganar-se assimilando Igreja oficial e Igreja visível. Nós pertencemos à Igreja visível, à sociedade de fiéis submissos ao Papa, pois não recusamos a autoridade do papa, mas o que ele faz... Saímos, então, da Igreja oficial? De certa maneira sim, evidentemente. Todo o livro de M. Madiran A Heresia do 20° século é a história da heresia dos bispos, deve-se então sair do meio destes bispos, se não se quer perder sua alma” (Fideliter n° 66, nov.-dez.1988, pp. 27-28).

Concluímos: com são Pio X, guardemos sempre no espírito que os neomodernistas formam uma seita que não quer jamais deixar a Igreja Católica, que a subverte do interior, e que são seus piores inimigos, verdadeiros lobos revestidos de pele de ovelha.

Com Monsenhor Lefebvre, não nos juntemos aos “católicos que confundem a Igreja Católica e romana eterna com a Roma humana e suscetível de ser invadida pelos inimigos cobertos de púrpura” (Carta ao Figaro, de 02-08-1976).

Revista “Le Sel de la terre” dos dominicanos de Avrillé, edição de inverno de 2015

2 comentários:

  1. TESTIMONIOS La oración es obligatoria para todo ser humano en la superficie de la tierra. Isaías 62: 6-7 el señor dio un mandato a los hombres sobre cómo orar más duro en todo momento. He puesto vigilante en los muros de Jerusalén, que nunca se celebrará su paz día y noche. ¿Fue muy difícil para mí creer que Dios existe? Mi nombre es LINDA BARNETT CARLTON Estéril por 45 años, sin niños y yo también estaba teniendo dificultades en mi matrimonio.Esto es testimonios de mi vida.Estaba buscando a través de Internet, me encontré con Pastor .Enoch .A Adeboye [dijo que se hará Todo], Este artículo fue publicado por uno de su Pastor [PST.WILLIAMS OKODUDU EM] Lo contacté vía: REDEEMEDCHRISTIANCHURCH81@GMAIL.COM Él me dijo que E.A.Adeboye es el fundador / General oversear de Redimida iglesia cristiana de Dios [RCCG] Envié un correo electrónico al pastor WILLIAMS OKODUDU E.M Le dije mucho de mis problemas, dijo que DIOS es impresionante y me dijo que él va a 3 [tres] días de ayuno seco para mí, dentro de los próximos 2 [dos] meses. Fui al hospital para ver a un médico, Confirmó que estoy 3 [tres] semanas embarazadas y también Dios arrestó a mi esposo, a DIOS sea la gloria que nace de nuevo cristiano. Hoy tengo dos hijos. Puede ponerse en contacto con el Pastor WILLIAMS OKODUDU @ REDEEMEDCHRISTIANCHURCH81@GMAIL.COM CONSEJERÍA Y ORACIONES ¿Estás oído o confundido? ¿Estás pasando por experiencias difíciles y necesitas consejo y ánimo? ¿Está teniendo algunos asuntos espirituales de los que necesita claridad? ¿Hay algunos problemas sexuales y emocionales con los que estás luchando? Milagros y curación Vuelta sobrenatural a través de ganar alma Liberación, unción y solución Interrupción financiera DIOS ES LA ESPERANZA Y NUESTRO SALVADOR-- ------------------------------------------------- PST WILLIAMS OKODUDU EM Quiero especialmente apreciar a todos ustedes en el nombre de señor, amor y amable permiso para invitarles a compartir mis más grandes testimonios y dar honor a Dios omnipotente

    ResponderExcluir
  2. TESTIMONIOS La oración es obligatoria para todo ser humano en la superficie de la tierra. Isaías 62: 6-7 el señor dio un mandato a los hombres sobre cómo orar más duro en todo momento. He puesto vigilante en los muros de Jerusalén, que nunca se celebrará su paz día y noche. ¿Fue muy difícil para mí creer que Dios existe? Mi nombre es LINDA BARNETT CARLTON Estéril por 45 años, sin niños y yo también estaba teniendo dificultades en mi matrimonio.Esto es testimonios de mi vida.Estaba buscando a través de Internet, me encontré con Pastor .Enoch .A Adeboye [dijo que se hará Todo], Este artículo fue publicado por uno de su Pastor [PST.WILLIAMS OKODUDU EM] Lo contacté vía: REDEEMEDCHRISTIANCHURCH81@GMAIL.COM Él me dijo que E.A.Adeboye es el fundador / General oversear de Redimida iglesia cristiana de Dios [RCCG] Envié un correo electrónico al pastor WILLIAMS OKODUDU E.M Le dije mucho de mis problemas, dijo que DIOS es impresionante y me dijo que él va a 3 [tres] días de ayuno seco para mí, dentro de los próximos 2 [dos] meses. Fui al hospital para ver a un médico, Confirmó que estoy 3 [tres] semanas embarazadas y también Dios arrestó a mi esposo, a DIOS sea la gloria que nace de nuevo cristiano. Hoy tengo dos hijos. Puede ponerse en contacto con el Pastor WILLIAMS OKODUDU @ REDEEMEDCHRISTIANCHURCH81@GMAIL.COM CONSEJERÍA Y ORACIONES ¿Estás oído o confundido? ¿Estás pasando por experiencias difíciles y necesitas consejo y ánimo? ¿Está teniendo algunos asuntos espirituales de los que necesita claridad? ¿Hay algunos problemas sexuales y emocionales con los que estás luchando? Milagros y curación Vuelta sobrenatural a través de ganar alma Liberación, unción y solución Interrupción financiera DIOS ES LA ESPERANZA Y NUESTRO SALVADOR-- ------------------------------------------------- PST WILLIAMS OKODUDU EM Quiero especialmente apreciar a todos ustedes en el nombre de señor, amor y amable permiso para invitarles a compartir mis más grandes testimonios y dar honor a Dios omnipotente

    ResponderExcluir